Otimize os custos do Storage Account com o Lifecycle Management

Os conjuntos de dados têm ciclos de vida exclusivos. Alguns dados são acessados ​​frequentemente no início do ciclo de vida, mas a necessidade de acesso diminui drasticamente com o envelhecimento dos dados. Alguns dados permanecem ociosos na nuvem e raramente são acessados ​​depois de armazenados. Alguns dados expiram dias ou meses após a criação, enquanto outros conjuntos de dados são ativamente lidos e modificados ao longo de suas vidas úteis.

O Azure Blob Storage lifecycle management oferece uma política rica e baseada em regras que você pode usar para fazer a transição de seus dados para a melhor camada de acesso e para expirar os dados no final de seu ciclo de vida.

A política do Lifycle Management ajuda você a:

  • Transition blobs to a cooler storage tier such as hot to cool, hot to archive, or cool to archive in order to optimize for performance and cost
  • Delete blobs at the end of their lifecycles
  • Define up to 100 rules
  • Run rules automatically once a day
  • Apply rules to containers or specific subset of blobs, up to 10 prefixes per rule

Exemplo de utilização

Considere um conjunto de dados que é acessado com frequência durante o primeiro mês, é necessário apenas ocasionalmente durante os próximos dois meses, raramente é acessado depois e deve expirar após sete anos. Nesse cenário, o armazenamento hot é o melhor nível para usar inicialmente, o armazenamento cool é apropriado para acesso ocasional e o archive storage é o melhor nível depois de vários meses e antes de ser excluído sete anos depois.

A política de amostra a seguir gerencia o ciclo de vida desses dados. Aplica-se a blocos de blobs no contêiner “foo”:

Tier blobs to cool storage 30 days after last modification
Tier blobs to archive storage 90 days after last modification
Delete blobs 2,555 days (seven years) after last modification
Delete blob snapshots 90 days after snapshot creation

Criar o storage Account

Já escrevi um artigo aqui no site sobre como Como criar um Storage Account no Azure utilizando o Portal e PowerShell.

Configurar Lifecycle Management

01 – No portal do azure, pesquise por Storage accounts.

02 – Na tela Storage accounts, selecione o storage account.

03 – Após selecionar o storage account, navegue até Blob service e clique em Containers.

04 – Na tela Containers, clique em + Container.

05 – A tela New container será exibida, selecione um nome para o container e o tipo de acesso, em seguida clique em Create.

06 – Como podemos observar na imagem abaixo nosso container foi criado com sucesso.

 

07 – Vamos fazer upload de alguns arquivos para o container cont-fileserve.

07 – Em Blob service, selecione Lifecycle Managemente. 

08 – Na tela Lifecycle Managemente, clique eu m + Add a rule.

09-  Na tela Add a rule, nomeie sua regra . Você também pode definir o Rule scope , o  Blob type e os valores de Blob subtype. Vamos chamar a regra de Rule-01,  não vamos alterar os demais valores, clique em Next. 

10 – Em nosso exemplo estamos movendo os blobs sem alteração em um período de 30 dias para a camada cool.

Abaixo mostro todas as ações que podem ser realizadas no Lifecycle Management.

Após definir as ações desejadas clique em Next.

11 – Na guia Prefix match, digite o nome do container e a pasta que deseja que esta regra seja aplicada.

Para nosso exemplo estamos aplicando a regra para todo o conteúdo do container cont-fileserve.

12 – Como podemos observar na imagem abaixo nossa regra foi criada, agora os blobs que não sofrerem alteração em um perido de 30 dias serão movidos para a cama cool.

12 – Se durante o período de 30 dias essas arquivos do container cont-fileserve não sofrer alteração o Access tier dos arquivos será alterado para Cool, como podemos observar na imagem baixo.

Tem alguma sugestão ou observação, comente.

Forte abraço, obrigado e até o próximo post. 🙂

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *