Como converter um ARM template para Bicep

A postagem do blog de hoje é sobre infraestrutura básica como princípios de código, sobre a linguagem Azure Bicep e como e quando usá-la para simplificar as implantações de recursos do Azure.

A implantação de recursos no Azure geralmente é rápida e fácil. Podemos fazer isso manualmente por meio do Portal do Azure. A solução para provisionar recurso de forma rápida e automatizada é utilizar a prática da infraestrutura como código.

Azure Bicep

É aí que o Bicep vem para fortalecer a ARM. O Project Bicep é uma linguagem de domínio específico (DSL) feita pela equipe de modelos ARM e está aqui para simplificar a escrita de modelos ARM. Ele se afasta da sintaxe JSON e é muito mais fácil de ler e escrever.

Embora a maior parte da sintaxe do modelo ARM tenha sido alterada, o Bicep não é uma linguagem inteiramente nova. Ele funciona como uma camada de abstração transparente sobre os modelos ARM. O objetivo não era substituir os modelos ARM, mas fazer uma experiência melhor para o uso de modelos ARM. O que tudo isso significa, você pode perguntar? Significa que temos uma nova linguagem com uma sintaxe mais simples, fácil de ler e escrever e com validação de código. Também podemos converter modelos ARM existentes para Azure Bicep, isso é um tema para um próximo post. 

Os benefícios dessa abordagem em relação à criação de uma linguagem totalmente nova são que o Azure Bicep pode ser usado imediatamente para fazer tudo o que podemos fazer com os modelos ARM e temos a possibilidade de trabalhar com os modelos ARM existentes sem a necessidade de reescrevê-los todos.

Converter ARM template para o Bicep

Para convertermos ARM template vamos utilizar o site https://bicepdemo.z22.web.core.windows.net/

No site bicepdemo podemos importar um ARM template e converter para Bicep, no próprio site do bicepdemo também já temos vários templates ARM que podemos converter para Bicep e utiliza-lo.

Aguardem os próximos posts sobre Azure Bicep aqui no site.

Comente suas sugestões e observações! 

Forte abraço, obrigado e até o próximo post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.